Encontro 5: Ativismo nas (e das) redes

Padrão

No quinto encontro abordamos (em discussões coletivas) algumas questões:

O que é ativismo?
O ativismo foi tratado como uma estratégia que persegue alguma transformação efetiva da realidade, mediante a difusão de mensagens, buscando a sua propagação através do “boca a boca”.

O que é ciberativismo?
O ciberativismo foi tratado como o ativismo mediado e multiplicado pelos meios de comunicação e publicação eletrônica pessoal.

Mas como fazer isso?
Se quereremos propor alguma ação coletiva, nossa causa precisa da adesão de outras pessoas.
Mas para que consigamos essa adesão, algumas questões importantes…

O que temos que conseguir dizer?
…que individualmente, temos pouca força, mas que, por sermos muitos, ao nos unirmos, ao nos somarmos, somos fortes.

Então, o que fazer?
Nos articularmos enquanto “muitos”, para que consigamos nos somar.
Só assim, nosso ativismo, potencializado, poderá ajudar a transformar a realidade.
Temos que conseguir que cada um , que todos se tornem multiplicadores.
Temos que nos tornar sujeitos das mudanças que queremos ver no mundo.

O que é fundamental esclarecer?
Para qualquer ativismo (inclusive o ciber) é fundamental ter clareza:

  • Quem somos?
  • Qual a nossa causa?
  • Por que temos que nos mobilizar?
  • O que temos que exigir como resposta?
  • A quem temos que fazê-lo?

Encontro 5 – Apresentação em PDF

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s