Arquivo da tag: cultural digital

Encontro 5: Ativismo nas (e das) redes

Padrão

No quinto encontro abordamos (em discussões coletivas) algumas questões:

O que é ativismo?
O ativismo foi tratado como uma estratégia que persegue alguma transformação efetiva da realidade, mediante a difusão de mensagens, buscando a sua propagação através do “boca a boca”.

O que é ciberativismo?
O ciberativismo foi tratado como o ativismo mediado e multiplicado pelos meios de comunicação e publicação eletrônica pessoal.

Mas como fazer isso?
Se quereremos propor alguma ação coletiva, nossa causa precisa da adesão de outras pessoas.
Mas para que consigamos essa adesão, algumas questões importantes…

O que temos que conseguir dizer?
…que individualmente, temos pouca força, mas que, por sermos muitos, ao nos unirmos, ao nos somarmos, somos fortes.

Então, o que fazer?
Nos articularmos enquanto “muitos”, para que consigamos nos somar.
Só assim, nosso ativismo, potencializado, poderá ajudar a transformar a realidade.
Temos que conseguir que cada um , que todos se tornem multiplicadores.
Temos que nos tornar sujeitos das mudanças que queremos ver no mundo.

O que é fundamental esclarecer?
Para qualquer ativismo (inclusive o ciber) é fundamental ter clareza:

  • Quem somos?
  • Qual a nossa causa?
  • Por que temos que nos mobilizar?
  • O que temos que exigir como resposta?
  • A quem temos que fazê-lo?

Encontro 5 – Apresentação em PDF

Encontro 4: O que publicar?

Padrão

No quarto encontro já tinhamos nas mãos um meio de comunicação.
Isso nos dá muita liberdade, mas também traz algumas responsabilidades.

Abordamos assuntos como “O que publicar” e “O que não publicar”.

Vimos um videozinho de apresentação sobre a licença Creative Commons:

E em seguida fizemos uma discussão sobre direitos autorais, domínio público e licenciamentos permissivos.

Compartilhamos endereços (na rede) com materiais de uso livre, tais como:

Internet Archive

Overmundo

Portal Domínio Público

Ainda abordamos dicas de pesquisa de imagens e materiais livres nas redes.

Por fim, avançamos em recursos dos WordPress:

Personalizando o Blog:
Aplicar temas
complementos
configurar e alterar opções

Blogando:
escrever
formatar
inserir links, imagens e vídeos
gerenciar arquivos de mídias

Criando páginas e Links:
novas páginas
alterar estrutura de páginas

Criando Links (sua blogosfera):
Gerenciando links

Organizando:
Categorias
Tags

Comentários:
Comentando
Gerenciando comentários

Encontro 3: Práticas em sala de aula

Padrão

No terceiro encontro fizemos um debate sobre a relação entre Economia Solidária e Comunicação em Rede.
Discutimos ainda como levar essas questões para a sala de aula.

Os participantes formaram grupos e responderam às seguintes perguntas:

  • Como os recursos de comunicação digital (blogs, redes sociais, etc…) podem potencializar causas como a economia solidária?
  • Como esses recursos de comunicação digital podem ajudar nas atividades em sala de aula?

Cada grupo criou um blog e publicou reflexões sobre as questões propostas.

Os grupos então compartilharam suas reflexões bem como o endereço dos blogs que foram criados.

Encontro 2: Blogs: ter ou não ter? Eis a questão…

Padrão

O segundo encontro teve início com o vídeo “Levante sua voz” (produzido pelo Intervozes-Coletivo Brasil de Comunicação Social). Retratando a concentração dos meios de comunicação no Brasil, o roteiro dialoga com o famoso curta “ILHA DAS FLORES” (de Jorge Furtado).

 

Em seguida, partindo da temática levantada pelo curta, fizemos uma discussão sobre o direito à comunicação, relacionando ao contexto da comunicação digital.

Se para transmitir informações para um grande número de pessoas, é preciso ser dono de veículos de informação/comunicação….
…como Sirleidy pode tornar-se dona de um veículo de informação, se nem montar uma rádio comunitária ela pode?

E mesmo que pudesse ter acesso à uma rádio comunitária, digamos que Sirleidy agora não se contente mais com o alcance de 5 km da rádio da sua comunidade, e mais, ela não se contenta em falar, ela quer ouvir. Digamos que Sirleidy quer ir muito além dos 5 kms de alcance da sua voz, Sirleidy quer articular uma rede de economia solidária?

Sirleidy só tem uma opção:
Sirleidy tem que se jogar na rede…
Sirleidy tem que ter um blog!

Alguns assuntos abordados:

  • Blog: que bicho é esse?
  • Como nasceram: Um pouco do histórico…
  • A Aldeia Global
  • O meio é a mensagem!
  • Uma mudança profunda: o cidadão comum produzindo informações
  • O ponto sem retorno: A cobertura cidadã do 11 de setembro de 2001
  • Os WarBlogs
  • Blogs: Características básicas
  • Blogs: Os primeiros passos

Encontro 1: Introdução

Padrão

Neste primeiro encontro o professor Sérgio Amadeu fez a apresentação do programa e do cronograma das Oficinas.

Alguns assuntos abordados:

  • O que é comunicação.
  • O que é e como funciona a Internet.
  • A Web e as vantagens do hipertexto.
  • O avanço da Cultura Digital.
  • Introdução sobre “como montar um blog”.